CENTRAL NACIONAL DE VENDAS: 4020-3852 (disque a partir da sua cidade)
CENTRAL DE ATENDIMENTO AO CONVENIADO: 4007-2851

Pais idosos: os principais desafios e cuidados!

Separamos 9 dicas para você saber lidar com os seus pais na melhor fase da vida deles.

de Amar Assist, 23 JULHO de 2019

No início da vida, normalmente, nós contamos com os cuidados e proteção de nossos pais biológicos, familiares ou pais adotivos. Por anos e anos, nós dependemos disso para nos desenvolvermos emocionalmente, fisicamente e socialmente. Mas e quando esse papel se inverte e é preciso você começar a cuidar dos seus pais, você sabe ou já teve que lidar com esses desafios? 

Abaixo listamos os principais desafios e cuidados para terem com pais idosos

1- Nova rotina e situações

Novos desafios e situações nunca vivenciadas antes irão surgir na sua rotina, para isso será necessário muita empatia, discernimento e compreensão, para que tudo flua da melhor maneira possível. Opte sempre pelo diálogo para decidirem em conjunto o que será melhor para todos os envolvidos, nunca, em hipótese nenhuma, tome uma decisão sem consultá-los antes. 

2- Saúde do idoso

Lembre-se, agora eles precisaram de você, portanto os acompanhe em suas consultas de rotinas, leve-os para realizarem seus exames e principalmente de seguirem as orientações médicas enquanto a ingestão de remédios. Mesmo que haja resistência e implicância, são orientações médicas que devem ser seguidas rigorosamente. 

3-  Paciência

Teimosia, resistência e oscilações no temperamento podem acontecer nessa fase. Da mesma forma que essa rotina será nova para você, também será para os seus pais, portanto será necessário muito paciência de ambos para entenderem e se adaptarem a essa nova fase.

4- Integre a família aos cuidados

Caso você tenha irmãos, os integre as rotinas diárias dos cuidados de pais idosos.

Reúna a família e decidam qual a melhor maneira para cada um de vocês atenderem às necessidades dos pais. Revezem as idas às consultas, aos exames e aos lembretes de remédio. Ter a família reunida e disposta ajudar nessa fase será muito importante e fará toda diferença na vida dos pais. 

5- Ajuda especializada

Em alguns casos, pode ser que os pais não queiram morar com os filhos, ou os filhos não possam dividir a mesma casa devido a distância ou a rotina. Caso isso aconteça, não hesite procurar ajuda de alguém capacitado para que possa te ajudar com todos os cuidados, assim, distância e rotina nenhuma impediram eles de terem o cuidado e carinho que merecem. 

6- Alimentação para idosos 

É normal que com o passar dos anos o nosso corpo apresente mudanças, afinal elas fazem parte do nosso ciclo vital. Mas você sabia que a alimentação de uma pessoa idosa pode seguir de forma geral, os mesmos princípios da alimentação recomendada para todas as pessoas adultas? Isso mesmo, por isso separamos abaixo algumas dicas rápidas. 

1- Opte por alimentos na sua forma natural 

2- Inclua frutas, legumes e verduras nas suas refeições

3- Gorduras, óleos, sal e açúcar devem ser ingeridos com moderação. 

4- Beba bastante água 

5- Tenha horários e rotina para comer. 

6- Escolha um lugar agradável para realizar as suas refeições. 

7- Entretenimento


Plano Funerário Familiar

Cuide bem de quem você ama.


Você sabia que existem inúmeras atividades físicas e para entretenimento que podem melhorar a qualidade de vida, tanto física como mental de um idoso? Isso mesmo, veja algumas delas: 

Cruzeiro em alto mar: 

Costumeiramente ouvimos de idosos que não há nada melhor do que aproveitar a vida viajando, conhecendo lugares e pessoas incríveis, essa talvez possa ser uma das possibilidades mais maravilhosas. 

Aulas de dança: 

Você sabia que existem muitos grupos de dança voltados para o entretenimento e diversão de idosos? Isso mesmo, você pode encontrar aulas de zumba, forró e etc em várias academias e garantir uma vida mais saudável e alegre para os seus pais. 

Cursos: 

Você provavelmente já ouviu dos seus pais que gostariam de ter feito alguma coisa, ou terem cursado algo mas que não tiveram tempo. Pois agora isso não deve ser considerado mais como uma desculpa. O tempo pode ser aproveitado realizando cursos das mais diversas áreas: curso de idiomas, de design de interiores, de jardinagem, de moda ... opções são o que não faltam. Separe um pouco do seu tempo e os ajude a pesquisar o que mais gostam de fazer. 

Jogos: 

Jogar pode ser uma ótima alternativa para o entretenimento dos idosos, xadrez, dama, dominó, jogos de videogame e afins. Escolha o que mais gosta!

8- Depressão em idosos: 

É normal encerrar ciclos e envelhecer, porém, nem todo mundo consegue encarar isso de forma natural. Quando a trajetória profissional é concluída e é chegada a aposentadoria e  as limitações que até pouco tempo atrás não existiam, pode ser frustrante para uma pessoa que sempre foi ativa e teve uma rotina agitada. Sendo assim, esses motivos podem se tornar gatilhos para o mal do século que também atingem a melhor idade: a depressão. 

Nem sempre o idoso perceberá  e saberá o que está acontecendo, por isso fique atento aos sintomas e condições como: 

Humor: ansiedade, apatia, culpa, descontentamento geral, desesperança, mudanças de humor, perda de interesse, perda de interesse ou prazer nas atividades, solidão, tristeza, tédio ou sofrimento emocional

Comportamento: agitação, automutilação, choro excessivo, inquietação, irritabilidade ou isolamento social

Sono: despertar precoce, excesso de sonolência, insônia ou sono agitado

Peso: ganho de peso ou perda de peso

Corpo inteiro: fadiga ou fome excessiva

Para que a rotina não seja mudada bruscamente e cause esses gatilhos podemos substituir as atividades. Antes era o trabalho, mas agora podem ser os cursos, as viagens, o lazer e afins, o que preferirem e mais gostarem de fazer. 

Mas se ainda sim perceberem alguma das condições acima, lembre-se, depressão é uma doença séria e é necessário tratamento, portanto, não trate com indiferença nenhum desses sintomas e junto aos seus pais busque um tratamento para que eles possam viver da melhor maneira possível na fase que eles mais terão tempo para aproveitar. 

9- Exercícios físicos para idosos. 

Nunca é tarde para começar ou até mesmo recomeçar. Exercícios físicos são ótimos para qualquer idade, mas veja abaixo quais são os mais recomendados para pessoas acima dos 60 anos de idade. 

Atividades na água: 

Atividades como, hidroginástica e natação, são recomendadas por não causarem impactos nas articulações e tendões, e fazem inúmeros benefícios na capacidade aeróbica, na flexibilidade e na força muscular. Além disso elas podem ajudar na recuperação de enfermidades pois são extremamente benéficas para o sistema cardiovascular e respiratório.  

Alongamento: 

Já os alongamentos são recomendados para quem busca melhorar a funcionalidade, equilíbrios, controle de dores musculares, mas em geral estão atrelados a outros exercícios, como até mesmo nas atividades aquáticas citadas acima e em caminhadas. 

 Musculação:

É indicado para idosos realizar treinos de musculação em apenas dois dias da semana, não consecutivos. Quando realizados juntos a exercicios aerobicos podem auxiliar na obesidade, diabetes, hipertensão, controle da osteoporose, sarcopenia e melhorar o risco de queda. 

Agora que você leu os principais desafios e dicas, é hora de colocar em prática. 

Cuidar de pais idosos pode não ser uma tarefa fácil, mas lembre-se, quando você precisou de cuidados, eles estavam lá para te ajudar e apoiar. Retribua e tudo se tornará muito mais simples e prazeroso. 


Artigos Relacionados