CENTRAL NACIONAL DE VENDAS: 4020-3852 (disque a partir da sua cidade)
CENTRAL DE ATENDIMENTO AO CONVENIADO: 0800 024 1150

Saiba como envelhecer bem com essas 5 dicas

Praticar atividades físicas, melhorar a alimentação e ter uma boa noite de sono são apenas algumas das dicas de como envelhecer bem. Saiba mais!

de Amar Assist , 2 ABRIL de 2020

5 dicas simples que podem ser adotadas em sua rotina para ter uma velhice mais confortável: saiba quais são!
A expectativa de vida do brasileiro tem aumentado cada dia mais. Hoje, estima-se que uma pessoa viva, em média, entre 70 e 80 anos, o que desperta a atenção de todos para a adoção de práticas que tornem o período da terceira idade mais saudável, com qualidade de vida e bem-estar. Por essa razão, existe a necessidade de entendermos como envelhecer bem, para que assim possamos adotar atitudes que contribuirão para uma velhice mais confortável.


Plano Funerário Familiar

Cuide bem de quem você ama.


Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para que você. Confira algumas dicas que serão bastante úteis para a sua rotina. Continue a leitura e saiba mais!

1. Tenha uma alimentação saudável

 

Hoje, muitos entendem a necessidade de adotar uma dieta que seja rica em nutrientes para que haja uma melhoria na saúde, mais produtividade no trabalho e facilidades em outras tarefas do dia a dia. No entanto, poucos são aqueles que conseguem abandonar alguns "vilões" de nossa alimentação, como fast-foods e outros tipos de produtos industrializados que prejudicam a saúde como um todo.

Entre os benefícios já percebidos de uma dieta saudável, destacamos o fato de que essa atitude garantirá mais qualidade de vida. De acordo com dados do Ministério da Saúde, a obesidade já atinge quase 20% da população brasileira, principalmente os jovens. Adotando melhores hábitos, consequentemente você influenciará outras pessoas de sua casa, mudando a cultura de onde vive.

Caso tenha dificuldades de iniciar essa nova vida, comece com uma reeducação alimentar. Inclua em sua rotina o consumo de frutas e verduras, além de diminuir o hábito de ir a redes de lanchonetes de grande porte. Não se esqueça de reduzir os industrializados — biscoitos e salgadinhos, por exemplo!

2. Pratique exercícios físicos

 

Aliado a uma boa alimentação, nada melhor do que praticar exercícios físicos para auxiliar em seu objetivo de envelhecer bem. Entre os principais benefícios das atividades, destaca-se especialmente o fato de que essa prática ajuda a diminuir e controlar o peso, o que reduz o risco de doenças no coração, diabetes, osteoporose, pressão alta e também a obesidade.

Você vai perceber ainda um ganho nos níveis de seu colesterol sanguíneo, uma vez que as principais causas desse mal tem relação com uma alimentação rica em gorduras, açúcar, além de sedentarismo. Além disso, a prática de exercícios vai aumentar a resistência muscular e evitar que você desenvolva problemas relacionados ao estresse, como ansiedade e depressão.

Por fim, exercitar-se contribui significativamente para produzir a serotonina, hormônio relacionado ao bem-estar. Uma pessoa que conta com a baixa dessa substância, naturalmente, desenvolve:

  • cansaço constante;
  • desconforto intestinal;
  • baixa libido;
  • mau humor.

3. Tenha uma vida social ativa

 

Envelhecer bem também significa ter uma vida social ativa. Não se torne uma pessoa reclusa! Saia com os amigos, vá àqueles bares que marcaram a sua juventude e a de seus colegas, frequente cinemas, teatros e outros espetáculos que mais lhe agradam.

É natural que o passar do tempo e as adversidades de nossas vidas contribuam para querermos ficar mais em casa. Porém, isso pode desenvolver alguns problemas, como a depressão. Ainda há o problema de que ficar muito isolado vai contribuir para que você reduza a sua mobilidade.

Não ter um relacionamento próximo com pessoas diferentes ainda vai trazer como consequência o surgimento de problemas cardíacos, pois a falta do hormônio ocitocina, conhecido como o hormônio do amor — responsável por melhorar as habilidades sociais — reduz os batimentos cardíacos e também a pressão sanguínea.

*Estamos passando pela pandemia da COVID-19. Nesse contexto, é preciso que todas as pessoas, principalmente as de grupo de risco, fiquem em casa. Por essa razão, usufrua da vida social ativa apenas quando tudo isso passar e ficar bem!

4. Tenha boas noites de sono

 

Ao adotar as dicas abordadas até aqui, consequentemente você vai ter noites de sono mais agradáveis. No entanto, esse tópico merece atenção, justamente pela importância do sono para o organismo. Entre os principais ganhos observados, destacam-se:

  • controle do apetite;
  • melhora no humor;
  • memória mais efetiva;
  • estímulo do raciocínio;
  • rejuvenescimento da pele.
Para isso, outras práticas podem ser tomadas. A primeira delas está relacionada a contar com um ambiente mais apropriado. Observe a iluminação, a temperatura de seu quarto, avalie se o colchão necessita ou não de uma troca, bem como os travesseiros. E, pelo menos duas horas antes de se deitar, já deixe claro para você mesmo que o dia de trabalho acabou.

Lembre-se: o seu quarto e a sua cama são sinônimos de descanso. Não utilize esse espaço para realizar tarefas profissionais, nem mesmo para planejar o dia seguinte.

As refeições no período noturno também influenciam na qualidade do seu sono, então prefira comer alimentos leves. E não se esqueça de contar com uma rotina bem definida para que seu corpo esteja habituado diariamente a descansar nos mesmos horários.

5. Previna-se!

 

Ao abordarmos sobre prevenção, não estamos mencionando atitudes do dia a dia que podem ser adotadas com o objetivo de prevenir doenças e outros tipos de situações que prejudicam o envelhecimento saudável. Aqui, a preocupação é o bem-estar de sua terceira idade.

Por essa razão, indicamos a contratação de um plano de saúde, pois é garantia de tranquilidade e segurança para momentos difíceis, além de contar com um bom atendimento, garantia de tratamento e contrato prático — bem como o seu cancelamento, caso haja necessidade.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é a contratação de um plano funerário. Esse é um assunto pouco debatido, justamente porque as pessoas não gostam muito de discutir sobre a morte. No entanto, quem já passou por uma situação de perda de um ente querido entende que esse momento exige burocracias — além de tranquilidade para tomar decisões importantes.

Por essa razão, o plano funerário contribui para que você tenha cobertura integral das despesas e dos serviços funerários, além de diminuir o estresse de familiares e amigos nessa situação. Por ser um momento difícil, todos querem estar próximos daqueles que amam para se confortarem, relembrarem com carinho dos momentos que passaram juntos e poderem dar forças uns aos outros.

Assim, o mais indicado é contar com um serviço que traga assistência completa, de modo que não tenha preocupações burocráticas nesse momento.

Neste material, você pôde conferir dicas práticas de como envelhecer bem com atitudes simples que podem ser adotadas em sua rotina. Ao melhorar a alimentação, praticar exercícios físicos e ainda se preocupar com a qualidade de seu sono, você observará melhorias já nos primeiros dias, o que pode contribuir até mesmo para o relacionamento com os seus familiares.

Para ter acesso a outras dicas como estas, curta nossa página no Facebook!