EM CASO DE ÓBITO: 4020-2358 (disque a partir da sua cidade)
CENTRAL DE ATENDIMENTO AO CONVENIADO: 0800 024 1150
Plano Funerário Familiar
a partir de R$ 75 mensais
Grátis
  • Assistência Residencial
  • Consultas PET
  • Mecânico e Guincho (carro e moto)
  • Seguro de vida de 20 mil
Garanta hoje a proteção que sua família merece.

Conheça os diferentes tipos de caixão e saiba qual escolher

Saiba como escolher o caixão ideal em momento sensível da perda de um ente querido

de Amar Assist , 8 JANEIRO de 2021

Dois caixões posicionados um ao lado do outro.
Diversas decisões precisam ser tomadas quando ocorre o falecimento de um ente querido, não é mesmo? Afinal, os ritos fúnebres são o momento para realizar a última homenagem a essa pessoa, honrando sua memória e mostrando o quanto os familiares e amigos vão sentir falta dela.


Plano Funerário Familiar

Cuide bem de quem você ama.


Uma das escolhas desse momento, e que muitas vezes não é nada fácil de ser feita, é escolher qual entre os tipos de caixão será utilizado. Caso você seja uma pessoa precavida e busque proteger seus entes queridos desse tipo de dor, uma opção é já deixar escolhido o modelo para este momento conturbado para familiares, poupando-os de preocupações e permitindo que eles vivenciem o luto.

Então, conheça agora os principais tipos de caixão e tire suas dúvidas sobre o tema. Boa leitura!

A importância da escolha do caixão

Ao perder um ente querido, além de lidar com o luto, os familiares precisam ocupar-se com uma série de decisões que, muitas vezes, são difíceis. Por exemplo, a escolha do modelo do caixão pode fazer com que “caia a ficha” sobre o ocorrido, potencializando sentimentos difíceis neste momento de luto.

Além disso, há a questão de decidir se a pessoa será cremada ou enterrada, caso ela não tenha deixado isso devidamente expresso anteriormente. Tomar essas decisões em vida, portanto, é uma forma de proteção para seus familiares, trazendo maior conforto e não delegando esse tipo de decisão para eles nesse momento.

Entender quais são os principais tipos e a importância da escolha é fundamental, também, caso seja você que venha a ser a pessoa a escolher o caixão para um familiar ou ente querido. Assim, saberá identificar qual é a melhor opção que fará parte da homenagem à pessoa e honrará a sua memória.

Os tipos de caixão e suas diferenças

Para tomar a sua decisão de modo mais acertado, é importante conhecer quais são os tipos de caixão existentes e escolher aquele que está mais de acordo com o que espera para o seu rito funerário.

Abaixo, vejamos quais são os pontos que devem ser observados!

Madeira

Um primeiro ponto a ser considerado são os tipos de madeira que fazem parte da composição do caixão. Você pode contar com madeiras nobres, tais como:

  • mogno;
  • carvalho;
  • cerejeira, entre outros.
Além disso, você pode contar com materiais mais sustentáveis, tais como:

  • madeira de reflorestamento;
  • MDF;
  • pinus.
Para escolher entre eles, pode-se pensar sobre as características, gostos pessoais ou remeter a lembrança à nobreza.

Acabamento

O acabamento é o que permite ver uma maior elegância no caixão. Há alguns detalhes que você pode analisar e pensar se acha mais interessante para sua escolha ou não. São eles:

  • pintura com ou sem sombreamento;
  • para os caixões feitos com madeira nobre, você pode optar por aqueles sem pintura, contudo com verniz fosco, brilhante ou semibrilhante.
Na parte interna, podemos incluir também:

  • forro com TNT;
  • forro com cetim;
  • forro com demais tecidos;
  • acessórios que podem ser feitos com metal, plástico, banhados a ouro, cristais, entre outros.

Tamanho e espessura

A maioria dos caixões são de tamanho padrão, ou seja, com as seguintes medidas aproximadamente:

  • 2m de comprimento interno;
  • 2,05m de comprimento externo;
  • 0,70m largura interna;
  • 0,89m largura externa;
  • 0,395m altura interna;
  • 0,435m altura externa.
No entanto, para muitas pessoas, por suas condições físicas (altura, nanismo, caso de óbito infantil, sobrepeso, obesidade, entre outros), é preciso escolher modelos especiais.

Nos caixões mais simples, é utilizada uma chapa de 12mm. Porém, você também pode escolher chapas de 15mm, 18mm ou 22mm. Isso é relevante quando há necessidade de um caixão mais resistente por causa das características físicas da pessoa.

Os modelos de urnas funerárias

Outro ponto que merece atenção é observar os modelos de urnas funerárias utilizadas por aqueles que serão cremados. Nesse caso, as principais diferenças são os formatos, cores e materiais. Sobre o último aspecto, temos:

  • bronze: normalmente é a escolha para urnas que ficarão em casa ou em local aberto;
  • aço inoxidável ou metal: são as melhores alternativas para urnas que ficarão em local exposto, principalmente à umidade, pois isso evita oxidação;
  • madeira: escolhida essencialmente para ambientes internos — periodicamente será necessário realizar o processo de tratamento de verniz;
  • pedras: dois exemplos comuns são o granito e o mármore — são comumente utilizadas quando ela fica armazenada em igrejas ou, então, no interior de residências;
  • material biodegradável: opção utilizada quando há o despejo das cinzas em local externo, como mar, rio, jardim, entre outros.

A realização da escolha

Mas como escolher qual o melhor modelo de caixão? Exceto nos casos em que há a necessidade de optar por tamanhos específicos (ou seja, o critério é buscar o acondicionamento adequado tanto do corpo quanto das cinzas), é uma questão de gosto.

O mais importante é escolher um modelo compatível e que esteja de acordo com os gostos da pessoa falecida, sendo também um instrumento de homenagem para ela. Por exemplo, se era uma pessoa com um perfil mais sério, um caixão mais sóbrio é uma opção que respeita a memória dela. Já para pessoas mais vaidosas, há a opção decorada.

Você pode observar também questões ligadas a credos: por exemplo, uma pessoa católica pode escolher uma imagem de crucifixo na tampa, respeitando as crenças religiosas.

Caso esteja analisando e escolhendo um modelo para você, pode ser interessante guardar locais, modelos e, até mesmo, fotos e deixar em uma pasta reservada, na qual há todas as informações importantes para seus familiares em caso de falecimento.

A importância de um plano funerário

Você já pensou que o plano funerário também tem a ver com a escolha do caixão? Muitas vezes, os custos com os ritos funerários são elevados, e esse é um dos pontos que aumenta o valor.

Nesse caso, a escolha pode ficar fora do orçamento dos familiares. Com isso, pode não ser possível atender o seu anseio, escolhido previamente, e isso pode chatear seus entes queridos por não conseguirem cumprir o que fora desejado por você.

Assim sendo, o plano funerário permite diminuir os custos nesse momento. Isso porque, nesse caso, o tipo de caixão escolhido já está incluso nas despesas e não gera ônus e frustração para quem cuidará do seu rito funerário.

Além disso, esse sempre é um momento de muita consternação, então trazer uma maior tranquilidade para seus familiares e pessoas queridas é bastante significativo. Logo, o plano funerário é uma proteção para quem você ama, evitando que eles precisem passar por preocupações e estresse em um momento tão difícil.

Ficou interessado em saber mais sobre os nossos serviços? Conheça o plano da Amar Assist: entre em nosso site e tire suas dúvidas!


Artigos Relacionados