• área do cliente
  • Quer economizar na hora que sua família mais precisa?

    Clique aqui

    6 segredos da longevidade após os 50 anos

    6 comportamentos associados à longevidade na faixa dos 50 anos que aumentam o tempo de vida em mais de 10 anos

    Como aumentar o tempo de vida em mais de 10 anos

    Manter apenas cinco hábitos saudáveis na faixa dos 50 anos: dieta balanceada, exercícios físicos regulares, peso controlado fora da obesidade, beber com moderação, não fumar e manter vínculos afetivos próximos aumenta em uma década a vida das pessoas de meia-idade, de acordo com pesquisa ampla com dados de um período de 34 anos envolvendo 78 mil mulheres e 44 mil homens, publicada pela Harvard T.H. Chan School of Public Health em 2023.

    Que tal um dia a mais de vida por semana?

    O estudo sobre longevidade apenas confirma o que já se sabia por diversas pesquisas com amostras menores e menor período. Impressiona aqui o volume de dados, o que fortalece as conclusões. Ganha-se 1 dia a mais por cada semana de vida com mudanças de vida simples e rápidas de se adotar. É muito, considerando que a média de expectativa de vida do brasileiro é 76 anos.

    O que há de novo sobre longevidade

    Adultos na faixa dos 50 anos que praticam os 6 hábitos da longevidade viveram mais, em média, 14 anos no caso das mulheres e 12,2 anos no caso dos homens, que seus pares que não adotam práticas saudáveis de alimentação, controle de peso e são sedentários. E temos de somar mais 1 item: a solidão.

    Solidão inimiga da vida

    Em outra pesquisa, que vem desde 1938, isto mesmo, há quase um século, cientistas da mesma Harvard acompanham grandes grupos populacionais para determinar fatores relacionados à qualidade de vida, saúde e felicidade. São gerações e vidas inteiras documentadas.

    E a solidão aparece empatada com cigarro como fator de risco à infelicidade e à menor expectativa de vida. Ficar só em demasia está associado ao aumento de casos de doenças do coração, depressão e perda de memória.

    Causa mal equivalente a fumar 15 cigarros ao dia. Os dados da pesquisa vão além: a qualidade dos relacionamentos vale mais que a quantidade de conexões que você tem na vida. “A felicidade que sentimos nos nossos relacionamentos tem um poder incrível sobre nossa saúde”, sustenta Robert Waldinger, diretor do último estudo, divulgado em 2023. A pesquisa, constantemente atualizada, é pública, chamada de Harvard Study of Adult Development, tornou-se o mais amplo estudo já realizado sobre a felicidade humana. As conclusões, em inglês, podem ser acessadas em https://www.adultdevelopmentstudy.org/.

    Brasileiro vai mal no quesito solidão

    Os hábitos dos brasileiros de classe média acima de 50 anos são parecidos ao dos americanos pesquisados: mais tempo em atividades solitárias, e aí entra o home-office, o trabalho em frente ao computador, tempo de TV e celular, deslocamento do trabalho, o que, ao final do dia, pode somar mais de 12 horas. Tem período de sono e daí sobra pouco para interação com amigos.

    Significado de longevidade após os 50 anos no Brasil

    73 milhões de brasileiros estão na faixa acima dos 50 anos de acordo com o IBGE. Os hábitos para envelhecimento saudável não impactam apenas na taxa de mortalidade, como também pressionam os:

    • Serviços de saúde: mais fila no SUS, planos de saúde mais caros;
    • Desemprego: incapacidade para trabalhar, maior demanda por auxílio doença do INSS;
    • Mercado de trabalho: dificuldade de voltar a conseguir trabalho, o que já é mais difícil para aqueles com mais de 50 anos;
    • Previdência Social: mais pessoas afastadas, maior o custo de manter o INSS, o que gera pressão por reformas que via de regra reduzem os benefícios;
    • Custo às famílias: pessoas doentes sem INSS geram despesas a toda a família;

    Soluções fáceis ganhar 10 anos de vida;

    Dieta saudável após os 50

    Não existe martelo a respeito de qual a melhor dieta para melhorar a saúde. Por outro lado, a maioria dos especialistas sabem dizer o que evitar para que seu corpo envelheça de forma mais lenta e mantenha o vigor e capacidades mentais. Os maiores inimigos que ingerimos e nos fazem mal são:

    • Açúcar e seus derivados
    • Alimentos multi processados como embutidos, Excesso de carboidratos refinados, Gorduras vegetais industrializadas
    • Itens para um dieta saudável após a meia idade

      • Frutas e vegetais: metade do prato
      • Grãos integrais: ¼ do prato
      • Proteínas naturais – ¼ do prato
      • Leguminosas naturais – moderado
      • Beba água, café ou chá
      • Evite refrigerante

      E qual exercícios físicos na meia idade?

      Ninguém precisa virar atleta de uma hora para outra para entrar na fila da saúde. O recomendado são apenas trinta minutos por dia (compare com o tempo gasto em TV ou no celular), de práticas de leves a moderadas. Vale subir escada até o apartamento, ir almoçar a pé em um local mais distante, caminhada até a milagrosa academia, com carga leve. Vale mais a frequência e não a necessidade de buscar recorde olímpico.

      Beber para viver mais

      2 taças de vinho ou 1 lata de cerveja ao dia não impedem o ganho de vida de mais de uma década, é o que dizem os dados da pesquisa. Sim, até a quantidade de álcool permitida por dia foi estipulada pelos cientistas. Em casos de depressão, ansiedade, obesidade e demais condições restritivas a álcool, deve-se consultar um médico com antecedência.

      Obesidade, como fica? E um truque

      Pessoas obesas, aquelas com IMC acima de 30, têm diminuída as chances de longevidade devido à ocorrência de doenças crônicas como hipertensão, diabetes e maior risco de AVC e infarto. Ocorre o truque no metabolismo está em seguir os itens 1 e 2. Quem controla a dieta e faz exercícios físicos e não abusa do álcool vai necessariamente sair da rota da obesidade. Seguindo que seguir os 2 primeiros sair da fila do risco de vida para entrar na da longevidade.

      Cigarro mata mesmo

      Todo mundo conhece um caso de 1 ou 2 pessoas que fumaram a vida toda e morreram velhas. Sim, 1 caso. Os demais foram embora cedo, viveram convivendo com doenças respiratórias e tiveram qualidade de vida comprometida pelos males que o cigarro causa no corpo. Aqui o ponto é indiscutível. Álcool em demasia, obesidade, tabagismo, sedentarismo, má alimentação, solidão representam 60% das mortes prematuras evitáveis no mundo.

      4 fatores adicionais longevidade com qualidade de vida

    • Ter um propósito de vida; melhora o sono, aumenta o otimismo, aumenta a propensão à atividade física e diminui a quantidade de inflamações;
    • Estimulação cerebral: atividades que geram esforço mental como ler, aprender uma nova língua ou novos cursos, tarefas intelectuais estão associadas a menor fator de risco para doença de Alzheimer e demência
    • Qualidade do sono: apesar de não bater o martelo definitivamente, algumas pesquisas associam a insônia a altas taxas de doença de Alzheimer e outras formas de declínio cognitivo e propensão a doenças cardíacas;
    • Jejum intermitente: regula a glicose, aumenta a resistência ao stress e diminui a produção de substância inflamatórias, relacionadas à obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.
    • Conclusão:

      73 milhões de brasileiros estão acima de 50 anos e a maioria deles pode viver mais uma década de vida, segundo pesquisas referenciadas da Universidade de Harvard com milhares de pessoas por dezenas de anos. A lista com 6 hábitos de vida relativamente simples. São eles:
      1. Manter amizades e vínculos familiares
      2. Atividade física frequente
      3. Não fumar
      4. Dieta balanceada
      5. Controle do peso abaixo da obesidade
      6. Beber álcool com moderação


    Plano Funerário Familiar

    Garanta um futuro tranquilo para sua familia com o melhor plano funarário do Brasil, Completo, Sem custos adicionais.

    Ao clicar em “Quero mais informações”, você confirma que seus dados estão corretos e concorda com a Política de Privacidade.
    Saiba mais sobre o Seguro de Vida Gratuito